A inteligência artificial pode revolucionar o mercado da cannabis?

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Pexels/Tara Winstead)

Por João R. Negromonte

O engenheiro florestal Mateus Leme, co-fundador do grupo de Pesquisas Avançadas em Inteligência Artificial no setor Agroflorestal – LINEAR, da Unesp de Botucatu, diz que o cultivo da cannabis é uma cultura emergente no Brasil e que necessita de ferramentas tecnológicas que garantam a otimização e barateamento de alguns processos. Pensando nisso, o grupo irá promover uma live sobre o tema, que ocorrerá no dia 26/01/2022 no canal do Youtube (LINEAR – Inteligência), e tem como objetivo mostrar como a Inteligência Artificial e a Cannabis Medicinal se relacionam.

O convidado será o farmacêutico e pós-graduando em cannabis medicinal, Diego Moroz, que juntamente com Mateus, farão demonstrações práticas, apresentarão artigos e trarão novas possibilidades de inovação com a cannabis medicinal.   

O debate acontece em um momento em que o Brasil, em especial a agência reguladora (Anvisa), vem recebendo diversos pedidos de cultivo para fins medicinais e de pesquisa no país. Por isso, é importante estarmos atentos às novidades que o mercado tecnológico pode oferecer. 

Quem são e qual o propósito da LINEAR?

Fundada em 2019 na Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da UNESP, o grupo de pesquisa tem como objetivo discutir e promover o uso da IA no setor agro-florestal, divulgar conhecimentos, investigar novos avanços e levar esse conhecimento a toda a comunidade, além de estabelecer relações com vários setores (empresas, governo, grupos de pesquisa, projetos de extensão, sociedade, etc.)

O que podemos aguardar para o futuro? 

Não há limites para o crescimento tecnológico e, com isso, a evolução da IA não é uma questão de como, mas quando iremos utilizar dessa ferramenta para garantir uma produção de cannabis que tenha qualidade, seja sustentável, eficaz e que atenda todos os parâmetros estabelecidos pelas agências reguladoras somente com os cuidados da ciência tecnológica.

Claro que alguns vão pensar que a IA poderia nos substituir a longo prazo, entretanto, ainda é necessário uma correlação entre homem e máquina para que toda essa simbiose aconteça de forma eficiente. 

Para aqueles que acreditam no potencial da tecnologia aliada ao cultivo de cannabis para uma melhor produção, a chance de saber mais sobre o assunto está aí. Não deixe de acompanhar a live “Inteligência Artificial e Cannabis Medicinal” e fique por dentro das inovações tecnológicas no universo canábico.

Assista a live aqui:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese