O melhor guia para CBD e idosos com artrite

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Traduzido do site Cleve Scene

Nos Estados Unidos, 23% dos adultos sofrem de artrite. Em todo o mundo, 350 milhões de pessoas têm essa condição. Enquanto a maioria das pessoas com artrite tem 65 anos ou mais, ainda existem muitos adultos jovens e de meia idade que também sofrem essa condição.

Infelizmente, não há cura conhecida para a artrite. A melhor coisa que os cientistas podem fazer atualmente para a doença é aliviar os sintomas e retardar sua a progressão.

Ao reduzir a resposta inflamatória do corpo, os médicos podem ajudá-lo a viver com menos dor por mais tempo.

Embora todos os medicamentos apresentem alguns riscos e efeitos colaterais, o canabidiol (CBD) mostra-se promissor como uma maneira de tratar a dor da artrite e reduzir a progressão da doença

Como o CBD ajuda?

Graças à aprovação do Farm Bill de 2018, os agricultores agora podem cultivar e processar cânhamo nos Estados Unidos.

Por esse motivo, o CBD agora está amplamente disponível on-line para pessoas de todo o país.

Além de ajudar com condições como insônia e ansiedade, a pesquisa também mostra que o CBD pode ajudar a aliviar a dor.

O CBD é um composto químico encontrado naturalmente nas plantas de Cannabis. Embora este composto não o deixe “alto”, ele tem outros benefícios úteis.

Como a maconha era completamente ilegal até muito recentemente, os cientistas ainda estão trabalhando para entender os efeitos do uso.

O CBD é apenas um entre dezenas de canabinoides diferentes na maconha, portanto, outros canabinoides também podem ter efeitos adicionais.

Nos Estados Unidos, as pessoas podem comprar prontamente bálsamo, tinturas, vaporizadores e gomas de CBD.

Um estudo da Harris Poll descobriu que 85% dos americanos já ouviram falar sobre CBD. Desses adultos, mais de 20% já experimentaram.

Depois que o CBD é extraído da Cannabis, ele pode ser usado para tratar doenças que variam de ansiedade a estresse crônico.

O CBD atua visando receptores no sistema canabinoide endógeno. O sistema canabinoide consiste em neurotransmissores que se ligam naturalmente aos receptores canabinoides.

Essas proteínas receptoras de canabinoides são produzidas naturalmente no corpo humano. O CBD tem como alvo os mesmos receptores para aliviar a dor, a ansiedade e o estresse.

Atualmente, cerca de 55% dos usuários afirmam tomar o CBD para relaxar.
Estima-se que metade das pessoas usa o CBD para ansiedade e estresse. A próxima razão mais comum pela qual as pessoas usavam CBD é a dor. Além disso, algumas pessoas usam o CBD para sintomas menstruais, enxaquecas e náuseas.

O que a pesquisa diz?

Como o CBD era ilegal como o restante da planta de Cannabis, os pesquisadores ainda estão tentando entender melhor a eficácia dessa droga para várias condições.

Além disso, os pesquisadores ainda precisam descobrir dosagens eficazes.
Em ratos, demonstrou-se que doses moderadas de CBD produzem um efeito antiansiedade.

Outro estudo em ratos mostra que soluções orais e tópicas do CBD podem ajudar a aliviar a dor.

Este estudo em particular envolveu cientistas expondo os nervos ciáticos dos ratos usando uma incisão. Então, eles contraíram os nervos. Outra parte do estudo envolveu a injeção de bactérias nas patas dos ratos para causar inflamação.

Depois, os cientistas deram aos ratos CBD ou placebo por uma semana. Eles aplicaram pressão ou calor nas pernas dos ratos para ver como a reação deles mudou em comparação com as reações anteriores ao estudo. Os ratos que receberam CBD tiveram menos dor do que o grupo controle.

Em um estudo de 2010 em pacientes humanos, 177 pessoas que sofreram dores relacionadas ao câncer receberam extratos de tetra-hidrocanabinol (THC) e CBD.

Os pacientes que receberam extratos com THC e CBD tiveram duas vezes mais chances de sentir alívio da dor do que os pacientes que receberam apenas THC.

Isso parece indicar que o CBD sozinho ou a combinação dos dois é o componente que leva ao alívio da dor.
CBD e Dores de artrite

Estima-se que 54 milhões de americanos sofrem de artrite. Desse número, 24 milhões de americanos precisam limitar suas atividades diárias por causa dela.

Enquanto as pessoas podem dizer que apenas têm artrite, a artrite é na verdade um termo que abrange mais de 100 condições diferentes. Todas essas condições envolvem algum nível de inchaço, dor e rigidez. Com certos tipos de artrite, os órgãos também podem ser afetados.

O tipo mais comum de artrite é a osteoartrite. Esta é a forma que causa a deterioração da cartilagem. Uma vez que esta cartilagem ajuda a proteger os ossos do atrito, que pode causar dor e danos nas articulações.

Pessoas que sofrem dessa condição também podem desenvolver inflamação. Como leva tempo para a cartilagem se deteriorar, essa condição geralmente afeta mais os idosos do que os adultos jovens.

A artrite inflamatória, como a artrite psoriática e reumatoide, está ligada a condições autoimunes.

Esses tipos de condições se desenvolvem porque o sistema imunológico pensa que está sendo atacado por invasores. Em vez de atacar vírus invasores, o corpo ataca órgãos ou ossos. Isso leva a fortes dores e inflamação.

Quando alguém começa a sentir a deterioração das articulações, os sintomas tendem a piorar com o tempo.

Além de tratar dores nas articulações e nos nervos, muitos pacientes também precisam de ajuda com a inflamação. Ao usar o CBD, você poderá limitar seus problemas de dor nas articulações, inflamação e mobilidade.

Sintomas de artrite como rigidez, diminuição do movimento articular e dor tendem a responder bem ao CBD.

Os benefícios do CBD para a artrite

Estudos recentes mostram que 42% dos Baby Boomers (pessoas nascidas entre 1946 e 1964) já usam o CBD para ajudar com seu ponto comum.

Em pesquisas com animais, o CBD demonstrou ter propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e analgésicas.

Ao tomar CBD, você poderá reduzir os sinais e sintomas da artrite.

Supressão da dor

Uma das principais razões pelas quais as pessoas usam CBD para artrite é reduzir a dor. Estudos recentes mostram que 62,2% dos usuários de maconha a usavam para aliviar a dor. Quase todos os idosos experimentam algum tipo de dor mais tarde na vida, e o CBD pode ajudar a reduzir essa dor. Cannabis e CBD são especialmente úteis para dores nas articulações devido a condições como artrite.

Protetor de Nervo

Curiosamente, o CBD também pode proteger seus nervos., ajudando a reduzir a neuropatia articular.

Esta é uma das razões pelas quais é útil para condições como artrite, esclerose múltipla e câncer.

Suporte conjunto

Tomar CBD pode reduzir a inflamação ao redor das articulações.
A inflamação reduzida também pode melhorar os sintomas de outras doenças.

Redução de insônia

Quando você sente muita dor, pode parecer impossível dormir à noite.
Em um estudo sobre Sativex e artrite reumatoide, muitos participantes conseguiram dormir melhor quando usaram o medicamento.

Os produtos canabinoides podem ajudar a reduzir o desconforto físico e a inflamação, o que pode melhorar naturalmente a qualidade do seu sono.

Como você pode usar o CBD para artrite?

Quando você começa a usar o CBD, é uma boa ideia começar com uma dose baixa. Ao fazer isso, você pode dar tempo ao seu corpo para se ajustar à medicação.

Se você não sentir os resultados, sempre poderá aumentar sua dose mais tarde.

A maioria das pessoas toma CBD duas vezes ao dia. No começo, as pessoas geralmente começam com uma dose entre 5 e 10 miligramas.

Se isso não aliviar seus sintomas, você pode aumentar gradualmente sua dose até atingir 100 miligramas por dia.

Embora os cientistas ainda não saibam como todos os canabinoides funcionam, parece que alguns canabinoides funcionam melhor quando tomados em conjunto.

Por exemplo, tomar THC e CBD ao mesmo tempo pode aumentar a eficácia da sua dose.

Com um óleo ou isolado de espectro total, você pode obter uma variedade de canabinoides em vez de apenas CBD.

Para dores de artrite, algumas pessoas começam apenas usando o produto à noite para que possam dormir melhor.

Você também pode começar usando um produto tópico ou vaping para obter efeitos imediatos.

Então, você pode usar comestíveis. Doces e produtos comestíveis levam mais tempo para entrar em vigor, mas os efeitos duram mais.

Vaping é o extrato permite que o CBD entre rapidamente na corrente sanguínea, o que é útil para o alívio da dor aguda.

Se você usa CBD por via oral, lembre-se de que seu corpo pode não conseguir absorver o CBD por cerca de uma hora. Uma vez que o CBD oral é absorvido, ele pode durar muito tempo.

Se você tiver dor localizada, poderá usar um remédio tópico, como pomada, loção ou bálsamo.

Ao aplicar um gel CBD na área afetada, você pode obter instantaneamente alívio para dores agudas, inchaço e inflamação.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES
ASSINE NOSSA NEWSLETTER